quarta-feira, 27 de maio de 2009

Como conseguir estágio ou emprego em Brasília…

Certa vez, estava conversando com um amigo da faculdade sobre o mercado de trabalho e sobre algumas estratégias para conseguir emprego! Os classificados do Correio Brasiliense e eu sempre fomos muito íntimos. Sabe aquela parte dos empregos? Pois é, vasculho aquilo de cabo a rabo. Ou pelo menos, vasculhava… Na época em que eu estava totally desempregada (não que hoje eu não esteja, mas é que estágio não é emprego, né), sem eira e nem beira aceitando qualquer negócio, minha vida era acordar no domingão bem cedo e cair matando com minha canetinha BIC 4 cores nos anuncios de tudo quanto é vaga para trabalhar de tudo quanto é coisa! Tudo bem vai, sempre dei preferência para as vagas de recepicionista, assistente administrativo e secretária, mas que eu topava qualquer parada, ah, topava.

Consegui oportunidades bacanas pelo jornal. Só que ainda não era o que eu queria. Comecei a fazer faculdade trabalhando numa dessas vagas de jornal e pensando: “Opa, isso aqui não é pra mim não… Eu quero mais”. E precisava de mais até porque minha faculdade tem um custo e tudo na UCB é caríssimo.

Nunca tive muito jeito pra ser secretária. Lembro que numa dessas minhas tentativas frustradas, cometi vários graves. Tive a oportunidade de trabalhar num escritório de advocacia que era bem legal. O chefe era gente boa (um dos melhores chefes que já tive) só que era extremamente exigente e agitado. É aquele cara que precisa da secretária para tudo, sem ela ele não acha um papel dentro da própria sala. Tudo certo, lá vai Lorena assistir este cara. Ô meu Deus! Até hoje tenho pena dele! risos… No que dependesse de mim, talvez tivesse ficado lá até o fim do curso, mas, minha carreira brilhante naquele escritório durou exatos 45 dias! hahahaha Afinal, qual é o advogado que quer uma secretária que faz confusão com as guias do correio, troca ligações, e que não aceita mentir? Foi um desastre, eu sei! Ele ainda foi legal comigo, eu sei!

Naquele momento tive a certeza de que não era essa a profissão que eu queria! Decidi largar de mão de procurar vagas para ADM e assumir de uma vez minha vida de economista. Só tinha um problema: eu ainda estava no 2º semestre da minha graduação. Jeová, tem misericórdia! Bati o pezinho no chão e decidi abrir mão de ter um emprego com carteira assinada para fazer estágio.E olha que na época que tomei essa decisão, estágiário não era gente. Ainda não é né, mas pelo menos agora temos direito a férias entre outras cocitas mas. Acontece que estágio na área de Economia, só vem que vem lá pro 4º ou 5º semestre. Menos que isso, nada feito. E agora? Esperar um ano era tempo demais! Entrei no projeto de pesquisa científica da Universidade mas não parei de procurar estágio/emprego. Abri os classificados do Correio de domingo e finalmente descobri que, ninguém contrata economistas pelo jornal. “Procura-se advogado” tem. "Professor de inglês", tem. "Transex para massagem tântrica", tem também. Agora, nunca vi anuncio de “Procura-se economista” em algum jornal deste Brasil de meu Deus!

O que se há de fazer? AHA! Vamos para a internet! Siiiiiiiiiiiiim! A internet, ás vezes, parece o filho caçula do Demo, porque tem muita porcaria, mas é extremamente útil para se arranjar na vida e também para ler meus posts! :) Aí, fui descobrindo a “América Cibernética”! Caro leitor, como os sites de busca de vagas são variados! Jeová, toma de conta! Tem para todos os gostos, para todos os tipos de empresas, para todas as áreas de atuação… É fuçando que você descobre! Os mais populares sobre estágio costumam aparecer também com vagas nos classificados dos jornais. Pra ser sincera, recomendo atirar para todos os lados quando se trata de estágio ou emprego, mas tome cuidado para o tiro não sair pela culatra. Se for atitrar para todos os lados, atire soemnte dentro da área que pretende, gosta e sonha atuar ou então você pode acabar voltando pra vida de ADM.

OBS: Gente, nada contra os ADM, mas é que quando você sonha em ser outra coisa, voltar às práticas do passado de dor é mais que um retrocesso; é quase que o cúmulo do desespero! Se você quer ser ADM, se acha legal, invista nisso. Estude, especialize-se e seja o (a) melhor ADM que o mundo já conheceu. Corra atrás do que você gosta. Eu estou correndo atrás do meu!

Apesar de todos os sites de empregos e estágios, eu costumo fazer uma coisa que pode até parecer presunção da minha parte, mas já funcionou. Tenho o hábito de observar o mercado e selecionar as empresas nas quais eu gostaria ardentemente trabalhar. Faço minha listinha e vou pro GOOGLE vasculhar o site das empresas procurando o famoso "trabalhe conosco" ou algum indício da empresa que cuida do recrutamento. Aí eu saio fazendo meu cadastro em TODAS! Preencho tudo com a maior calma e sempre que dá, volto lá e atualizo meu curriculo. A maior parte das empresas "guardam" os curriculos em seus bancos de dados por um período de 3 a 6 meses. Quando você fizer o cadastro, deve aparecer um aviso em algum lugar do formulário.

É legal "escolher" porque assim diminuem as chances de você se frustrar e entrar numa empresa apenas pela grana. Muito mais que o salário e benefícios, avalio se eu me realizaria trabalhando ali, afinal, nem só de grana vive o trabalhador. Contudo, como minha memória não passa de uma breve lembrança e como as preferências e sonhos mudam, acabo atualizando de poucas, mas, recomendo manter seus cadastros sempre atualizados. Tento manter meu currículo lattes sempre bem atualizado. Quando me cadastro nesses sites, deixo o link do meu lattes e assim sempre haverá uma opção atualizada.

Este meu "esqueminha" já funcionou com meu primeiro emprego numa escola de inglês, uma construtora na qual trabalhei por um tempinho e com a CNI na qual faço estágio atualmente. Procuro escolher apenas empresas GRANDES pois tem em todos os cantos do país, o que me possibilita, caso dê certo e eu seja contratada, ter experiências por todo o país. Não tenho muitas restrições quanto a mudar de estado, viajar, etc. Na verdade, eu sonho em morar em outros lugares. Quero muito ir pro interior do Brasil, tipo Piracicaba ou algo assim. Tem mercado forte na minha área, é bonito, tranquilo e o povo puxa o R. Adoro sotaque meio caipirão. hehehehe

Outra que coisa que ajuda muito são as amizades! Apesar de não ser muito à favor do QI, prática comum hoje em dia, valorizo os bons contatos. Muitas vezes, a simpatia é o melhor curriculo e pode superar qualquer período de experiência comprovado em carteira. Então, connecting, people! Vai por mim, fazer amigos e influenciar pessoas é muito mais que um livro! Priorize a amizade com Deus! A fé é capaz de mover a direção do sol, diga lá de conseguir gerar renda! Sou prova viva disso, já que TODOS os meus empregos, estágios, bico, etc foram “arranjados” por DEUS. Não costumo reclamar disso não, sabe… As coisas têm dado muito certo pra mim e tudo isso é pela Graça DELE. E com o cuidado divino e a internet ao meu favor, ninguém me segura!

Tenho cadastro em tudo que é site de emprego! Segue, então, os melhores na minha opinião!

  • Agências:

Vagas

http://www4.vagas.com.br/home.asp?t=1031

Page Personel

http://www.pagepersonnel.com.br/

CATHO

http://v.catho.com.br/buscar/empregos/?State=resultado&q=estagio&perfil_id=1&use_synonym=1&where_search=1&

GRUPO SOMA

http://www.curriculum.com.br/mape/mape_empresas_01.asp?empresa=28703&vindode=

SOMA DESENVOLVIMENTO

www.somadesenvolvimento.com.br

  • Somente estágio:

CIEE

http://www.ciee.org.br/portal/index.asp

IEL (Instituto Euvaldo Lodi)

http://www.iel.org.br/portal/

IF Estágio (Instituto Fecomércio)

http://www.ifestagio.com.br/

CIA de Talentos

http://www.ciadetalentos.com.br/

Espero ter ajudado!

Abraços!

***UPDATE: Sabe o amigo de que falei no começo do post? Ele me lembrou de uma história que eu contei pra ele e não contei para vocês! Eu tinha uma conta numa dessas lojas de fotocópias que tem perto na minha casa! rsrsrssrs Eu tinha 18 anos, muitos sonhos, e nenhum tostão no bolso. O que eu fiz? Fiz meu currículo que mais parecia um big cartão pessoal (só tinha meu nome, telefone, e minhas aspirações profissionais) já que eu nunca havia trabalhado e só tinha no curriculo meu belissimo Ensino Médio! Tirei um monte de cópias e saí praticamente "panfletando" meu currículo pela Comercial Norte à fora. Fiz isso no Setor Comercial também! hehehe... MAS, só entregava nos lugares onde eu avaliava que gostia de trabalhar! Foram R$35 que paguei quando consegui meu 1º emprego, aquele mesmo que consegui pelos classificados do Correio Brasiliense. Coisa de louco não?! Mas deu certo! :)

Um comentário:

Izabella disse...

Olá, estou na ralação a procura de um estágio. Curso ADM, rsrs...., finalizei o 5º sem, faculdade projeção, tenho 27 anos. Preciso muito de um estágio, já me inscrevi em tudo quanto é site, vivo antenada no surgimento de inscrições principalmente p/ empresas públicas, pagam bem e têm carga horária de 4 horas. Se tiver como me ajudar aí vai meu email: izabellebuffet@gmail.com, grata!